Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

Viagem...

Calimero, 01.12.20

Do alto da minha montanha escuto um silêncio ensurdecedor. 

Deixo que o céu projecte o meu palco no chão e visto-me de ideias. 

O sangue que me corre nas veias é feito de letras. 

Dentro de mim vivem poemas que me sacodem o medo. 

Há noites em que me cantam fantasmas e sonhos. 

Da luz com que materializo as sombras, sou a linha de que esboça os contornos de cada história. 

Descalço os sapatos e subo às nuvens. Há alturas em que carrego a poeira que desprende as asa da minha mente. 

Nestes instantes sou do tamanho do tempo. 

Com pressa de arrumar a desordem em que se fazem os dias. 

O amanhecer sacode as lágrimas dos versos por onde dancei e me perdi, sem resposta para voltar. 

Falta-me o chão. A cortina insiste em fechar, mas o palco é meu e vou continuar a escrever o argumento. 

Sofia Martins

4 comentários

Comentar post