Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

Se tu me amas..

Calimero, 21.09.20
Um barco solitário 
rasga o rio vazio
como num poema de versos zangados 
com palavras em ziguezague 
como num Amor de caminhos trocados
de gatos pasmados
de noites mal dormidas
de sonhos irreais.
 
Voam pombas no jardim.
A coruja canta num riso abraçado
debaixo dos uivos de lua
nos braços gigantes do castanheiro. 
 
Estou tão perto do porto dos meus pecados
da demência da tua ausência
do teu cheiro a maresia
da loucura rasante das minhas vontades.
 
Hoje chove no meu peito.
Temo que morrerá a luz 
que ficou de nascer.
 
Terei tempo para sonhar?
 
Será que o meu tempo acabou?
 
Onde estas tu, meu Amor?
Onde estas tu, meu Amor?
 
Se tu me amas que seja agora.
Que seja nesta noite vazia 
em que o meu coração chora
e coruja ri debaixo da luz da lua.
 
Se tu me amas que seja agora
que seja de mansinho
com o jeito macio 
das noites de aconchego.
Que seja com a ternura demorada 
das tuas mãos de seda
com a subtileza inigualável 
das bolas de sabão.
 
Se tu me amas que seja agora
que seja pelo Amor
pelo nosso Amor
pelo meu sorriso enamorado
pelos meus olhos brilhantes
pelos nossos beijos de jasmim.
 
Onde estas tu, meu Amor?
 
Se tu me amas que seja agora
porque amanhã já não sei se estarei aqui.
 
#ORapazdoAmor
 

OIPBD60VKHB.jpg

(imagem retirada da net)

 

9 comentários

Comentar post