Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

Asas de cetim

Calimero, 18.07.20

 

As almas que o rio une
são poente, e crescem como pedra
no ventre maduro da luz.
Assobiam prantos em fios de seda prateada
em cada cor da linha das mãos.

No musgo das praias nuas
e nas cores alvas do tempo,
amanhece a dor da carne
para acender sedes sem fim
nos corredores do céu.

O cais e a mácula das nuvens
inundam-se de ausências
e no mosto da pele das horas
as flores cegas adormecem
na franja das tuas asas de cetim.

Voas cada vez mais alto
e os sussurros silenciosos
dormem na geografia dos passos.
A tua sombra olha-me…
Senti saudades… e não te disse.

Poema © António Carlos Santos

💓

2 comentários

Comentar post