Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

Almas Gemeas

Calimero, 01.08.13

 

 "Eu não sei porque me és tão familiar - ou porque é que sinto, não que te conheço melhor, mas sim que me vou recordando de quem tu és. Como todos os sorrisos, todos os sussurros, me fazem chegar mais perto da conclusão impossível de que eu te tenha conhecido antes, de que eu te amei antes - noutro tempo, num lugar diferente - numa outra existência."

 

 

Foto: António Maria Lisboa (1 de Agosto de 1928 — 11 de Novembro de 1953)As formas, as sombras, a luz que descobre a noite  e um pequeno pássaro  e depois longo tempo eu te perdi de vista  meus braços são dois espaços enormes  os meus olhos são duas garrafas de vento  e depois eu te conheço de novo numa rua isolada  minhas pernas são duas árvores floridas  os meus dedos uma plantação de sargaços  a tua figura era ao que me lembro da cor do jardim. in "Ossóptico e Outros Poemas"