Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

Quando precisares de mim...

Calimero, 27.12.12

 

Quero ser uma ilha,
um pouco de paisagem,
uma janela aberta,
uma montanha ao lon...ge,
um aceno de mar.

Quando precisares de sonho,
de um canto de beleza,
de um pouco de silêncio,
ou simplesmente de sol e de ar.

Quero ser o lado bom
em que pensas,
isto que intimamente
a gente deseja
mas nem sempre diz
quero ser, naquela hora,
o que sentes falta
para seres feliz.

Que quando pensares
em fugir de todos ou de ti,
enfim penses em mim...

 

_J.G. de Araujo Jorge_


Pensamento do dia...

Calimero, 27.12.12

"Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim, nem que eu faça a falta que elas me fazem. O importante para mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível, e que esse momento será inesquecível."

Fernando Pessoa

 

 

 

Dentro de mim...

Calimero, 26.12.12

 

"Dentro de mim, trago tudo pelo que não foi preciso lutar, tudo que faz parte de mim, que é importante e essencial, inerente e natural.
Tudo que não fica démodé, nem tão pouco imoral, tudo que é imortal...
Dentro de mim guardo todas as gran...des emoções, todas as marcantes sensações... Tudo que me faz vibrar...
Dentro de mim, faço abrigo para minha alma, onde encontro tranquilidade, paz e calma, onde há força quando a vontade é de tudo largar...
Dentro de mim, tenho tudo que acredito, onde o que é precioso cultivo e protejo tudo pelo que vale a pena lutar...
Dentro de mim há um lugar fantástico para morar, onde as estrelas quase podem me tocar, e o universo faz parte de tudo que eu olhar...
Dentro de mim, lugar sagrado onde só entra quem eu convidar, de onde me debruço para ver a vida passar, de onde tiro coragem para continuar...
Dentro de mim, trago o infinito, fé no impossível e vontade de sobra para realizar....
...E é no que trago dentro de mim que acredito, é o que me faz viver e sonhar."
(Ana Paula Moraes)
 
Foto: "Dentro de mim, trago tudo pelo que não foi preciso lutar, tudo que faz parte de mim, que é importante e essencial, inerente e natural.Tudo que não fica démodé, nem tão pouco imoral, tudo que é imortal...Dentro de mim guardo todas as grandes emoções, todas as marcantes sensações... Tudo que me faz vibrar...Dentro de mim, faço abrigo para minha alma, onde encontro tranquilidade, paz e calma, onde há força quando a vontade é de tudo largar...Dentro de mim, tenho tudo que acredito, onde o que é precioso cultivo e protejo tudo pelo que vale a pena lutar... Dentro de mim há um lugar fantástico para morar, onde as estrelas quase podem me tocar, e o universo faz parte de tudo que eu olhar...Dentro de mim, lugar sagrado onde só entra quem eu convidar, de onde me debruço para ver a vida passar, de onde tiro coragem para continuar...Dentro de mim, trago o infinito, fé no impossível e vontade de sobra para realizar.......E é no que trago dentro de mim que acredito, é o que me faz viver e sonhar."(Ana Paula Moraes)

Mensagem de Natal

Calimero, 21.12.12

“O amor desbasta o ego. Enxuga excessos. Delata as mínguas. Transforma as mágoas. Destrona arrogâncias e idealizações. Desmancha certezas e tece oportunidades. Bagunça a autoimagem todinha, piedade zero, culpa nenhuma. O amor percorre territórios devastados da alma com a calma necessária para reflorestar um a um. Dissolve neblinas. Revela o sol. Destece máscaras. Reinaugura a humildade. Faz ventar. Faz chorar. Faz sorrir. Faz tempestade um monte de vezes pra dizer também céu azul um monte de vezes depois.”
*Ana Jacomo*

 

“O amor desbasta o ego. Enxuga excessos. Delata as mínguas. Transforma as mágoas. Destrona arrogâncias e idealizações. Desmancha certezas e tece oportunidades. Bagunça a autoimagem todinha, piedade zero, culpa nenhuma. O amor percorre territórios devastados da alma com a calma necessária para reflorestar um a um. Dissolve neblinas. Revela o sol. Destece máscaras. Reinaugura a humildade. Faz ventar. Faz chorar. Faz sorrir. Faz tempestade um monte de vezes pra dizer também céu azul um monte de vezes depois.”

ACREDITAR

Calimero, 18.12.12
E se me derem o mesmo sonho
Sei que posso fazê-lo diferente
Escolho meus caminhos
Sempre fui independente
Não gosto de recuar
...
Nasci para arriscar

E se me derem os mesmo objetivos
Não vou cair no mesmo precipício
Se ninguém conseguiu, ainda posso tentar
Quem disse que não é possível inovar para realizar?!

E se me derem palavras vazias
Jogo-as pro ar numa noite fria
O vento se encarregará de levar
Sem que eu precise me preocupar

Se me derem pilhas de empecilhos
Com eles farei imensos trilhos
Para me levar direto aonde quero chegar
Quem sabe aonde vai, ninguém consegue desviar.

E se uma tempestade cair
Improviso um barco para seguir
Só não pode os verbos errados conjugar
Nada de desestimular, duvidar, cansar, desistir e parar
A vida é feita para quem sabe Acreditar, levantar, recomeçar e continuar.
(Ana Paula Moraes)
 
 
E se me derem o mesmo sonhoSei que posso fazê-lo diferenteEscolho meus caminhosSempre fui independenteNão gosto de recuarNasci para arriscarE se me derem os mesmo objetivosNão vou cair no mesmo precipícioSe ninguém conseguiu, ainda posso tentarQuem disse que não é possível inovar para realizar?!E se me derem palavras vaziasJogo-as pro ar numa noite friaO vento se encarregará de levarSem que eu precise me preocuparSe me derem pilhas de empecilhosCom eles farei imensos trilhosPara me levar direto aonde quero chegarQuem sabe aonde vai, ninguém consegue desviar.E se uma tempestade cairImproviso um barco para seguirSó não pode os verbos errados conjugar Nada de desestimular, duvidar, cansar, desistir e pararA vida é feita para quem sabe Acreditar, levantar, recomeçar e continuar.(Ana Paula Moraes)

O remorso em nós ....

Calimero, 10.12.12

 
A culpa é um veneno que destrói o corpo e a alma do pecador,
tornando-o indigno de amor, paz, felicidade e sucesso.
Mesmo que já tenha quem prejudicou, o culpado está

convencido de que merece ser punido para sempre.
O que lhe falta é saber perdoar a si mesmo,
algo muito mais difícil do que conseguir o perdão do outro.Quando não sabemos perdoar a nós mesmos,
carregaremos um ônus difícil de não nos desequilibrar.
Neste momento é preciso parar e procurar uma
nova rota mental, para se livrar deste remorso.
Constantemente cometemos erros e acertos
pois isto é inerente ao nível evolutivo
que nos encontramos no momento.

Via gotas de paz
 
O remorso em nós  A culpa é um veneno que destrói o corpo e a alma do pecador,tornando-o indigno de amor, paz, felicidade e sucesso.Mesmo que já tenha quem prejudicou, o culpado estáconvencido de que merece ser punido para sempre.O que lhe falta é saber perdoar a si mesmo,algo muito mais difícil do que conseguir o perdão do outro.Quando não sabemos perdoar a nós mesmos,carregaremos um ônus difícil de não nos desequilibrar.Neste momento é preciso parar e procurar umanova rota mental, para se livrar deste remorso.Constantemente cometemos erros e acertospois isto é inerente ao nível evolutivoque nos encontramos no momento. Via gotas de pazLygia<3