Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

TERAPIA DAS PALAVRAS...

Viver é aceitar que cada minuto é um milagre que não poderá ser repetido..!

Escrevo-te um poema!

Calimero, 12.07.21

Escrevo-te um poema.. Para que possas ler este amor Quando a saudade for dor. E saibas ler no sorriso Tudo aquilo que preciso. Escrevo-te um poema.. Palavras sentidas que falam por mim Palavras tão meigas de puro cetim. Que elas te levem o brilho da lua Que ilumina a alma e a deixa nua. Escrevo-te um poema. Na noite calada que grita e que pede Na noite em que o corpo diz não e que cede. Escrevo.. No refúgio que me leva ao meu sentir Sem ter medo de te amar, de te ferir. Um poema.. Que traduza a emoção do meu olhar Que te mostre a vontade de voar. Escrevo-te um poema .. Feito de água do mar Feito do meu respirar Allice

24-06-2021

Suplica

Calimero, 02.07.21

Agora que o silêncio é um mar sem ondas, E que nele posso navegar sem rumo, Não respondas Às urgentes perguntas Que te fiz. Deixa-me ser feliz Assim, Já tão longe de ti como de mim. Perde-se a vida a desejá-la tanto. Só soubemos sofrer, enquanto O nosso amor Durou. Mas o tempo passou, Há calmaria… Não perturbes a paz que me foi dada. Ouvir de novo a tua voz seria Matar a sede com água salgada. ~~Miguel Torga~~

Gostar de ti..

Calimero, 29.06.21

Enquanto dormias os meus pensamentos estiveram contigo. Não consegui desviar-me disso, como não tenho conseguido nos outros dias. E na verdade, não tenho nada para te dizer, mas quis que soubesses disso... Que, enquanto dormimos, há alguém que se perde connosco nos pensamentos. Há sempre alguém que fica feliz por existirmos... E eu fico, por te saber aí. Por saber que existes. E a única coisa que pretendo é, independentemente de tudo, conseguir fazer te sorrir... Se me perguntares porque gosto de ti, não te sei responder. Posso arriscar e dizer que foi o teu sorriso, que foram as tuas frases que me fizeram rir. Posso dizer que é esse teu jeito implicante que me irrita e me prende na mesma medida. Ou as conversas longas em que falamos de tudo e de coisa nenhuma. As madrugadas que passamos acordados enquanto trabalhamos. Foi o teu cuidado e a tua paciência. Quando tens a capacidade de me ver melhor do que aquilo que realmente sou... E que, a cada dia me faz querer ser melhor. São os teus elogios e esse trato bonito, bem à tua maneira... E esta certeza que eu tenho de que, és tanto mais do que me mostras. E eu sou paciente. Não te assustes, não é uma declaração de amor nem nada idêntico... É somente um "gosto de ti" e "obrigada" por estares na minha vida. Chocolate Não Dói 💕

Soneto da saudade

Calimero, 28.06.21

"Quando sentires a saudade retroar Fecha os teus olhos e verás o meu sorriso. E ternamente te direi a sussurrar: O nosso amor a cada instante está mais vivo! Quem sabe ainda vibrará em teus ouvidos Uma voz macia a recitar muitos poemas... E a te expressar que este amor em nós ungindo Suportará toda distância sem problemas... Quiçá, teus lábios sentirão um beijo leve Como uma pluma a flutuar por sobre a neve, Como uma gota de orvalho indo ao chão. Lembrar-te-ás toda ternura que expressamos, Sempre que juntos, a emoção que partilhamos... Nem a distância apaga a chama da paixão." Guimarães Rosa

Madrigal

Calimero, 11.06.21

 “A minha história é simples. A tua, meu Amor, é bem mais simples ainda: Era uma vez uma flor. Nasceu à beira de um Poeta...”. Vês como é simples e linda? (O resto conto-te depois; mas tão a sós, tão de manso que só escutemos os dois.”...

Sebastião da Gama

Silencio

Calimero, 04.06.21

"Pego num pedaço de silêncio. Parto-o ao meio, e vejo saírem de dentro dele as palavras que ficaram por dizer. Umas, meto-as num frasco com o álcool da memória, para que se transformem num licor de remorso; outras,

guardo-as na cabeça para as dizer, um dia, a quem me perguntar o que significam. Mas o silêncio de onde as palavras saíram volta a espalhar-se sobre elas. Bebo o licor do remorso; e tiro da cabeça as outras palavras que lá ficaram, até o ruído desaparecer, e só o silêncio ficar, inteiro, sem nada por dentro."

(Nuno Júdice)

 

Ainda penso em ti....sim!

Calimero, 26.05.21

Achas que não penso em ti?!

Enganas te...

Fecho os olhos e a imagem que me aparece és tu... Ande por onde andar és tu que me acompanhas no meu pensamento... Minha alma chora quando não te consigo sentir... Ler te muitas vezes começa a ser difícil pela tua controvérsia... Hora um dia dizes uma coisa... Noutros outra... Mas independentemente de tudo estou aqui para ti... Nós... De corpo e alma... Anda... Vem ter comigo... Onde me deixas te...

♥️

 

Os teus olhos...

Calimero, 18.05.21

Deixa-me ver os teus olhos, pois também são meus, e o tempo que passou é nosso. Sim, aquele tempo que agora nos parece distante, em que eu via o teu sorriso, mesmo quando o sol parecia não querer nascer e a lua deixava que as nossas gargalhadas se prolongassem pelas noites que pareciam durar para sempre. Como o amor, como a amizade. Como quando a única distância permitida entre nós era nenhuma. 

 
Deixa-me ver os teus olhos, mesmo que o seu brilho se misture com saudade e a sua cor relembre cada uma das tuas expressões de alegria, com as rugas que não querias ter, mas que nasceram na tua casa, também minha, onde vivem as horas que querias que passassem devagar, ao ritmo de cada instante de vida. De cada abraço apertado, de cada palavra dita. 
 
Deixa-me ver os teus olhos, enquanto a tempestade passa e o vento sopra. Se os fechares, ainda que por breves instantes de cansaço, lembra-te que a memória nunca te deixará adormecer sem te lembrares de mim e, talvez por isso te consigas esquecer, mesmo que por pouco tempo, que o teu sorriso se escondeu mas os teus sonhos não. Sabes, também é nos olhos que os sonhos se mostram. 
Deixa-me ver os teus olhos. ❤
 
(José Rodrigues)
 

OIPIGIT47D7.jpg

 

 

É isto o amor!!!

Calimero, 12.05.21

“Em quem pensar, agora, senão em ti?

Tu, que me esvaziaste de coisas incertas, e trouxeste a manhã da minha noite.

É verdade que te podia dizer: «Como é mais fácil deixar que as coisas não mudem, sermos o que sempre fomos, mudarmos apenas dentro de nós próprios?»

Mas ensinaste-me a sermos dois; e a ser contigo aquilo que sou, até sermos um apenas no amor que nos une, contra a solidão que nos divide.

Mas é isto o amor: ver-te mesmo quando te não vejo, ouvir a tua voz que abre as fontes de todos os rios, mesmo esse que mal corria quando por ele passámos, subindo a margem em que descobri o sentido de irmos contra o tempo, para ganhar o tempo que o tempo nos rouba.

Como gosto, meu amor, de chegar antes de ti para te ver chegar: com a surpresa dos teus cabelos, e o teu rosto de água fresca que eu bebo, com esta sede que não passa.

Tu: a primavera luminosa da minha expectativa, a mais certa certeza de que gosto de ti, como gostas de mim, até ao fim do mundo que me deste.”

(Nuno Judice)

OIPPJ92R0RF.jpg

 

Ainda te necessito!!!

Calimero, 22.04.21

"Ainda não estou preparado para perder-te
Não estou preparado para que me deixes só.

Ainda não estou preparado pra crescer
e aceitar que é natural,
para reconhecer que tudo
tem um princípio e tem um final.

Ainda não estou preparado para não te ter
e apenas te recordar
Ainda não estou preparado para não poder te olhar
ou não poder te falar.

Não estou preparado para que não me abraces
e para não poder te abraçar.

Ainda te necessito.

E ainda não estou preparado para caminhar
por este mundo perguntando-me: Por quê?

Não estou preparado hoje nem nunca o estarei.

Ainda te Necessito."

 

Pablo Neruda

 

OIP[2].jpg